Quanto custa se casar? – Dicas de orçamento e organização

Quanto custa se casar

Quanto custa se casar? – Dicas de orçamento e organização

Esta é uma dúvida de qualquer casal que pretende oficializar a relação com uma recepção aos seus convidados. Afinal, quanto custa se casar no Brasil? O valor é relativo, obviamente, ao tamanho da festa que os noivos pretendem dar, e o céu é o limite.

Afinal, quanto custa se casar no Brasil?

Contudo, um site nacional especializado em novidades e curiosidades sobre casamento afirmou para a revista Época que R$ 40 mil é a média nacional entre os casais, sendo que há uma grande variação entre as capitais e as cidades do interior do Brasil.

O custo é o previsto para cerimônias entre 80 a 120 convidados, contando as despesas e principais serviços em preço médio do mercado, como espaço para festas, vestido da noiva, terno do noivo, igreja, decoração, bufê e o valor cobrado por profissionais de vídeo e fotografia, por exemplo.

Esta pesquisa sobre quanto custa se casar, considerou os 500 casais que realizaram festas entre maio e dezembro de 2014nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, em estados do Sul e em outras regiões do país.

Estes foram os dados apontados pela pesquisa realizada em 2014:

*Fonte: Quem Casa Quer Site

  • Convite: R$ 8,00 (unidade)
  • Cabelo e maquiagem: R$ 600,00
  • Roupa do noivo: R$ 1.000,00
  • Vestido de noiva: R$ 2.600,00
  • Igreja: R$ 700,00
  • Espaço para a festa: R$ 3.500,00
  • Fotografia: R$ 4.500,00
  • Vídeo: R$ 4.500,00
  • DJ: R$ 1.200,00
  • Decoração: R$ 6.000,00
  • Aluguel de carro: R$ 1.000,00
  • Buffet: R$ 8.000,00
  • Topo do bolo: R$ 150,00
  • Doces e bolos: R$ 2.500,00
  • Noite de núpcias: R$ 700,00
  • Assessoria cerimonialista: R$ 1.500,00
  • Site dos noivos: R$ 150,00
  • Documentos do cartório: R$ 300,00

De olho nos custos

Quando não há planejamento ou quando o casal não é fiel ao orçamento, os custos podem chegar facilmente ao dobro do valor previsto – foi o que apontou as pesquisas, e é o que aconteceu com 50% dos casais pesquisados. Isso porque as suas escolhas nem sempre são as mais econômicas ou dentro de sua realidade. Os especialistas garantem que isso acontece, pois são levados pela emoção do momento e pela diversidade de ofertas que o mercado possui.

Ser realista na hora de contratar é essencial

E quanto mais especializados os serviços, mais caros eles são. Desta forma, o indicado é recorrer à pesquisa antecipada e até aos serviços de cerimonial, que oferecem vantagens na contratação dos serviços da festa e possuem diferentes preços, o que facilita na hora de escolher de modo econômico. Se ater à realidade evita frustrações futuras e é possível criar o casamento dos sonhos com um orçamento justo, que não chega aos R$ 40 mil indicados pela pesquisa.

Leia também o artigo: Vale a pena contratar uma cerimonialista de casamento

Lista de Comentários

Deixe seu comentário